Google+ Followers

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

POLÍTICA - Força tarefa para continuar a perseguição insana e cruel contra o Lula

Globo cria força-tarefa para atacar Lula e Dilma.


— RIP (“rest in peace), jornalismo!

A ofensiva em questão teria sido determinada em plena redação da emissora, em voz alta, pela diretora da Globo News Eugênia Moreyra.



Recebi da fonte a informação de que o ministro do STF Edson Facchin, novo relator da Operação Lava Jato, vai levantar o sigilo das delações da Odebrecht na semana que vem e que a diretora da Globo News supracitada irá a Brasília na segunda-feira para receber material para divulgação.
Eugênia teria entrado na redação da emissora para falar com a produtora e passou a ela a determinação. Segundo o relato da fonte desta página, devido ao tom de voz da diretora os jornalistas que ficam no setor da redação da Globo News que fica ao lado do banheiro ouviram o que ela disse.
Leia, abaixo, o que disse a diretora da Globo News Eugênia Moreyra à produtora que irá com ela a Brasília na semana que vem. O intuito da determinação da diretora à produtora ter sido comunicada para todos no entorno ouvirem foi no sentido de que os jornalistas que serão requeridos atuem da forma como foi determinada sem fazerem questionamentos.
Confira, abaixo, transcrição textual da determinação da diretora da GNEWS:

— (…) Fachin vai liberar todos os vídeos das delações [da Odebrecht] de uma só vez. Não dará tempo de decupar [analisar e editar] as imagens… Você vai liderar uma força-tarefa em Brasília. Sua equipe vai assistir a todos os vídeos das delações. Assim que ouvirem “Lula” ou “Dilma”, coloquem no ar, na hora, ao vivo, interrompendo qualquer programa, no Plantão. Depois a gente assiste o resto. Dilma e Lula têm que ser denunciados na frente de qualquer outro delatado

Segundo a fonte, aparecerão nomes de políticos importantes de todos os partidos, incluindo PSDB. A estratégia em questão serve para que Lula, Dilma e o PT não se beneficiem do prejuízo de imagem que terão seus adversários.
Tags: , , , , , , ,

63 Comentário


SÓ VÃO SOLTAR O EIKE QUANDO ELE DELATAR O LULA
ALEX SOLNIK
Eu sei que estou dando murro em ponta de faca porque a maioria dos brasileiros ficou contentíssima com a prisão de Eike Batista e, se tem alguma coisa a lamentar, é o “privilégio” de ele ser enjaulado num presídio de periculosidade menor e a maioria dos jornalistas mais inteligentes, mais influentes e mais bem remunerados do que eu (Datena, por exemplo, está na faixa dos 500 mil mensais) já decretou que a prisão do Eike “coloca o Brasil num novo patamar”, “calou a boca dos que diziam que só petista era preso”, “os poderosos não escapam ao império da lei”, “agora começa um novo Brasil” etc etc etc.
Mas embora eu esteja certo de que minhas palavras vãs não irão mudar uma opinião sequer dos que pensam assim, eu tenho que dizer alguma coisa porque não consigo dormir direito, atormentado por perguntas que insistem perturbar meu sono e minha vigília.
Vamos aos fatos. Eike foi direto para o presídio com todos os requintes de crueldade porque dois doleiros disseram que ele deu propina de 16,5 milhões para Sérgio Cabral. Se apresentaram provas, ninguém as viu. Bastou essa delação para ele ir para Bangu 8 (ou 9, não importa).
No entanto, Michel Temer foi delatado por Marcelo Odebrecht, o comandante supremo do propinoduto da Odebrecht e isso foi publicado pela Veja, que é a porta-voz oficial da Lava Jato e continua presidente da República; Rodrigo Maia, também segundo a Veja, é o “Botafogo” do propinoduto da Odebrecht e será eleito presidente da Câmara apesar de infringir o regimento; Eliseu Padilha é o “Primo” da mesma lista e é o ministro mais importante do governo Temerio; Moreira Franco é o “Angorá” e é o segundo ministro mais importante do governo Temer; Eunício de Oliveira é o “Índio” e será o próximo presidente do Senado.
Ou seja, uma só delação contra Eike o levou à prisão e as delações em série dos aliados de Temer (Romero Jucá ou “Caju”, Renan Calheiros ou “Justiça” e tantos outros) não foram levadas em conta, “são apenas delações”, “delatores mentem”, “delação não é prova”.
É paradoxal: somente os delatores de Eike não mentiram.
Mas vamos em frente. Por que resolveram prender Eike justamente agora? Essa história de que foi porque ele deu propina a Cabral é uma cortina de fumaça, pois Cabral já está preso, não precisa de mais acusações.
Eu, nas minhas noites maldormidas, cheguei a uma dedução sem ter nenhuma vocação para Sherlock: prenderam Eike para ele delatar Lula. Para ele dizer que ficou bilionário porque Lula lhe deu dinheiro através do BNDES.
E digo mais: prenderam Cabral para ele delatar Lula. Para ele dizer que ficou rico e comprou todas aqueles joias para a mulher porque Lula lhe deu a chaves dos cofres públicos.
Por que cheguei a essa dedução?
Porque a Lava Jato obedece a duas diretrizes, a saber: 1) prender o máximo de gente possível para aplacar a sede de “justiça” da sociedade civil (rsrsrs) e 2) soltar somente se o preso delatar Lula.
Se não, vejamos:
Por que Marcelo Odebrecht continua preso? Porque não delatou Lula. (Delatar Michel Temer e sua turma não vale.)
Por que Zé Dirceu continua preso? Porque não delatou Lula.
Por que o coitado do tesoureiro do PT continua preso? Porque não delatou Lula.
Por que a delação do presidente da OAS não foi aceita? Porque não delatou Lula.
Por que Delcídio do Amaral foi solto? Porque delatou Lula. (Mas era uma delação muito mequetrefe, não serviu para prender Lula).
Cabral só vai sair de Bangu 8 (ou 9?) se delatar Lula.
Eike só vai sair de Bangu 9 (ou 8?) se delatar Lula.
É só o que falta para prenderem Lula.
Algum peixe graúdo dizer: “Lula me deu a chave do cofre em troca de propina”.
Alea jacta est.

Nenhum comentário: